X

Archive for Notícias

World Marrow Donor Day 2017

placeholder

O Dia Mundial do Doador da Medula Óssea (World Marrow Donor Day) é celebrado globalmente no terceiro sábado de setembro. Em 2017, será realizado no próximo dia16. O dia será celebrado em mais de 50 países ao redor do mundo chegando a centenas de milhares de pessoas e resultando em uma grande cobertura de mídia.

O principal objetivo do WMDD é agradecer a todos os doadores em todo o mundo. O objetivo secundário é sensibilizar o público em geral sobre a importância da doação e informar sobre o impacto do transplante de medula óssea na vida dos pacientes.

Além de todas suas novidades, a cidade do Rock trará na edição de 2017 a presença do Stand do projeto Pró Medula. Estarão presentes doadores, transplantados, potenciais doadores de medula e demais voluntários preparados para informar, conscientizar e tirar dúvidas sobre o tema.

Todos numa direção, numa só voz, uma canção e todos num só coração estaremos celebrando e participando do Dia Mundial do Doador de Medula Óssea (WMDD) no Rock in Rio, o maior festival de música do planeta!

Você que também vai participar do festival, procure o stand do Pró Medula, conheça mais sobre o projeto e se informe sobre o que precisa pra se tornar doador. Sem subir no palco, sua participação no Rock in Rio pode ser mais especial do que você pensa!

 

bdZ6TsPa (1)rockinrio

 

 

 

Dia nacional do Voluntário

Parabéns para todos os VOLUNTÁRIOS PRÓ MEDULA

ms-icon-310x310

Fica aqui o agradecimento para toda equipe que trabalha voluntariamente em prol da Vida! 

 

DOE VIDA - DOE MEDULA ÓSSEA

 

Seja realizando uma palestra, doando sangue, cadastrando-se no banco nacional... Ou simplesmente levando uma palavra de conforto à pacientes, familiares e amigos. Muitas são as formas de voluntariar! Basta estar disponível ao outro.

Hoje foi dia de voluntariar! Gabriela Mesquita acompanhou uma caravana que saiu de Itaipava (interior do Rio de Janeiro) para o INCA. As voluntárias além de doarem sangue cadastraram-se como potenciais doadoras de medula óssea.

 

 

voluntário5  voluntário4  voluntário3 voluntário1  Voluntarias cadastrando-se no INCA, praça da Cru Vermelha, Rio de Janeiro 

Rock in Rio + Pró Medula

O Pró-Medula estará na Cidade do Rock!

rir

Você que também vai participar do festival, procure nosso stand, conheça mais sobre o projeto e se informe sobre o que precisa pra se tornar doador. Sem subir no palco, sua participação no Rock in Rio pode ser mais especial do que você pensa!

 

4º CONGRESSO BRASILEIRO Todos Juntos Contra o Câncer

tjcc

O 4º Congresso brasileiro pretende reunir 3.500 pessoas e traz como tema central"Mobilização para Mudança Sistêmica". A ideia é focar nas realizações dos Grupos de Trabalho e Comitês Consultivo e Estratégico, que vem se reunindo ao longo do ano para colocar em prática as diversas melhorias necessárias na Saúde - hoje, totalizamos quase 200 instituições que aceitaram o desafio de somar esforços em prol do aprimoramento da Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer.

O evento acontecerá nos dias 26 e 27 de setembro e no dia 28 do mesmo mês. O local do evento é o WTC Events Center, em São Paulo, e a organização é feita pela ABRALE (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia).

Todos os interessados em participar do 4º Congresso Todos Juntos Contra o Câncer devem realizar sua inscrição a partir de 05 de junho de 2017. Com pré-venda de 20% de desconto.

Para se inscrever acesse o link

TJCC (1)

Fonte: Movimento TJCC

30 anos de transplante do Hospital Israelita Albert Einstein

No último dia 17 de setembro de 2017, em São Paulo houve a festa em comemoração dos 30 anos de transplante de medula óssea do Hospital Israelita Albert Einstein.

Estiveram presentes diversas figuras importantes da história de transplante de medula no nosso país, como por exemplo, Dr. Ricardo Pasquini e Eurípides Ferreira, que realizaram o primeiro transplante em 1979, no Hospital das Clínicas na Universidade Federal do Paraná.

Em 1987 foi implantado também esse serviço no INCA, Rio de Janeiro pela Dra. Mary Evelyn Flowers, hoje radicada nos Estados Unidos.

No início dos anos 80 o HIAE já contava com um serviço muito bem estruturado de hemoterapia. Surgiu a necessidade de caminhar em direção ao transplante para atender os que necessitavam e tinham que ser encaminhados para Curitiba, Rio de Janeiro ou mesmo para o exterior. Depois de muitos estudos, reuniões com equipe multiprofissional e multidisciplinar e treinamento, o Hospital Israelita Albert Einstein logo no primeiro ano realizou transplantes autólogos e alogênicos.

A unidade de transplante de medula óssea contabiliza mais de mil transplantes realizados. Tornou-se modelo para todo o Brasil e é um centro de capacitação do Ministério da Saúde. Conta com um programa de educação, pesquisa e justiça social, com uma equipe que se reúne semanalmente para discutir os casos já transplantados, candidatos a transplante ou em fase de realização. Diariamente, uma equipe multidisciplinar avalia o paciente e planeja seus cuidados de maneira personalizada.

Dr. Nelson Hamerschlak hoje é o coordenador do centro de hematologia do HIAE, foi o grande homenageado da noite. Profissional dedicado e incansável na busca da cura, realizou diversas viagens ao exterior trazendo as inovações e outros tipos de transplante como por exemplo, o haploidêntico, utilizado quando a compatibilidade entre doador e receptor é de 50% ou um pouco mais.

Samuel Rosa e Juliano (seu filho), nos violões, cantaram sucessos do Jota Quest e Beatles. Juliano anos atrás quando ainda menino também enfrentou uma leucemia. Foi tratado por dr. Nelson Hamerschlak e hoje está se tornando um grande rapaz.

Para concluir a noite houve o lançamento do livro Desafios - Relatos de celebração à vida. Em breve esse livro que traz o depoimento de 30 transplantes (por serem 30 anos), pelo olhar dos pacientes, estará sendo lançado nas livrarias.

Trecho do livro: "A vida em nós pede mudanças para seguir, e cada depoimento retrata essa máxima de maneira singular. Muitas vidas transformadas e, em cada uma delas, a beleza do existir, o esforço conjunto de seguir um pouco mais em frente para contemplar novos horizontes - externos e sobretudo internos". (Vilma A. D. Davanso - Biomédica especialista em psicologia transpessoal)

Vivian Senna Forte, voluntária do Pró Medula também transplantada por dr Nelson, devido uma leucemia mieloide aguda, esteve presente no evento. É uma das protagonistas do livro. A mesma trouxe o relato acima e algumas imagens do evento (arquivo pessoal).

Dr. Nelsson Hamerschlak discursando no evento.

Dr. Nelson Hamerschlak discursando no evento.

Vivian Senna Forte acompanhada pelo marido e mãe.

Vivian Senna Forte, transplantada um pouco mais de 2 anos, acompanhada pelo marido e a mãe.

Show de Samuel Rosa e seu filho Juliano, também transplantado.

Show de Samuel Rosa e seu filho Juliano, também transplantado.

Vivian Senna Forte acompanhada pelo marido e hematologista Nelson Hamerschlak (detalhe para o livro!) - Em breve nas livrarias

Vivian Senna Forte acompanhada por Filipe Forte(marido) e o hematologista Nelson Hamerschlak. Detalhe para o livro! Em breve nas livrarias!

#SOMOSProMedula

Aonde encontrar orientações para o transplante?

favicon3 Transplante! E agora? favicon3

 

Pensando nas dúvidas e dificuldades dos paciente e familiares que recebem a notícia de indicação para transplante de medula óssea, a AMEO ( Associação da Medula Óssea do Estado de São Paulo) está disponibilizando em seu site três diferentes manuais:

  • Tenho indicação para o transplante! E agora?

Manual de orientações do período antes da internação para o transplante de medula óssea.

  • O dia a dia dentro do hospital

Manual completo de orientações do período de internação para o transplante de medula óssea.

  • O Tratamento Continua em Casa

Manual de orientações do período pós Transplante de Medula Óssea e o tratamento que segue em casa.

No site da AMEO é possível baixar os manuais, solicitá-los impressos ou baixar como aplicativo para celulares.

 

 

Prêmio “Dr. José Roberto Feresin Moraes”

10encontro

De 7 à 9 de junho foi realizado o 10º encontro do REDOME.

Alguns participantes foram homenageados pelo desempenho junto ao Banco Nacional em divulgação, conscientização e trabalhos prestados para o aumento do cadastro de possíveis doadores de medula óssea.

Prêmio na categoria Mídias Sociais

Gabriela Mesquita idealizadora do projeto Pró Medula recebeu no 10º Encontro do REDOME (Banco nacional de doadores de medula óssea) o prêmio Dr José Roberto Feresin Moraes, categoria Mídias Sociais entregue por Vigílio Colturato, presidente da SBTMO (Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea).

Ao receber Gabriela dedicou o prêmio a todos voluntários PróMedula, doadores e receptores. Ressaltou que o projeto só é possível com a participação e dedicação de cada um. Sem contar a alegria que é receber a notícias de potenciais doadores ou quando um paciente é transplantado.

Além de palestras e debates ao longo desses dias, ao final do evento houve a participação de doadores e receptores com uma história linda. Dois irmãos precisaram de transplante de medula óssea devido uma doença genética. O menino recebeu a medula de um doador americano. Já sua irmã recebeu de um doador brasileiro, o José. O mais incrível é que José já havia doado anteriormente para outro menino aqui do Brasil. Foi o seu segundo sim. Hoje os irmãos passam bem devido ao gesto de amor desses doadores.

A equipe Pró Medula está em festa! Agradecemos a todos os colaboradores.

Juntos poderemos fazer a diferença na vida de muitos pacientes e familiares.

Nossas campanhas são de conscientização para o cadastro de doadores de medula óssea. Formamos caravanas até os hemocentros e também contribuímos com a doação de sangue e plaquetas para pacientes internados. Temos consciência do quanto é importante um gesto de amor ao próximo. Venha fazer parte desse projeto tão inspirador.

Seja um multiplicador na campanha de salvar vidas em vida. Para se tornar um potencial doador de medula ou para atualizar seus dados cadastrais acesse o link e informe-se diretamente na página do REDOME.

Confira como foi o evento:

Agradecimento de Gabriela.

Entrega do prêmio e agradecimento de Gabriela.

Participação de Ciça Guimarães, madrinha do REDOME.

Participação de Ciça Guimarães, madrinha do REDOME.

Rede de amor de doadores e receptores.

Rede de amor de doadores e receptores.

Da direita para a esquerda: Silvana (voluntária Pró Medula), Luis Fernando Bouzas (coordenador do REDOME), Gabriela Mesquita (Idealizadora do Pró Medula) e Vivian Senna (voluntária Pró Medula).

Da direita para a esquerda: Silvana Preisigke (voluntária Pró Medula), Luis Fernando Bouzas (coordenador do REDOME), Gabriela Mesquita (Idealizadora do Pró Medula) e Vivian Senna (voluntária Pró Medula).

Parte da equipe Pró Medula felizes com o prêmio.

Parte da equipe Pró Medula felizes com o prêmio.

Vivian e Gabriela com Dr Pasquini (ao centro), médico que realizou o primeiro transplante de medula óssea no Brasil em 1979.

Vivian e Gabriela com Dr Pasquini (ao centro), médico que realizou o primeiro transplante de medula óssea no Brasil em 1979.

Mateus, Cauã e seu anjo doador

Cauã e Mateus com seus pais juntos com Thiago e sua esposa.

Mateus e Cauã com seus pais juntos de Thiago e sua esposa.

Nesta última segunda-feira (12) nos bastidores do programa matinal Encontro com Fátima Bernardes, Mateus, Cauã e seus pais conheceram Thiago Cardoso, o doador de medula óssea que salvou a vida dos meninos. Wand e Josy relatam que após poucos dias de nascidos os irmãos começaram a apresentar os primeiros sintomas de uma doença genética raríssima. Entre idas e vindas do hospital eles possuíam duas opções: viver com a doença controlando com medicações ou realizar o transplante de medula óssea. Há um ano e meio realizaram a segunda opção, o transplante!

Thiago deu a chance desses dois irmãos voltarem a ter qualidade de vida e vivê-la. Hoje os meninos passam bem e estão tendo a oportunidade de brincar, correr, sorrir, pular... ou seja, estão vivendo a infância saudáveis. O doador relata que se cadastrou e quando menos esperava recebeu um telefonema do REDOME (Banco nacional de doadores de medula óssea) perguntando se ele ainda tinha vontade de doar. Sem titubear sua resposta foi SIM.

Assista como foi esse encontro, acessando o Gshow e confira algumas fotos desse momento:

whatsapp-image-2016-12-12-at-17-42-31       whatsapp-image-2016-12-12-at-17-44-42

Temos orgulho de fazer parte dessa história!

 

 

DOE VIDA EM VIDA

14520334_1010951025682818_7146811304564487541_n

NOSSO TRABALHO VOLUNTÁRIO SÓ VEM AUMENTANDO

"Para uns a jornada é curta e agradável. Para outros a jornada é acidentada, e em alguns momentos da vontade de desistir... Ao contrário do que você pensa, é nesses momentos que algo maior está acontecendo"

As campanhas de cadastro de doadores voluntários de medula óssea a cada dia aumentam. Em nossas palestras orientamos e conscientizamos a importância desse ato. Lembrando que medula óssea não é medula espinhal! Uma não tem relação com a outra!

"Muito bom ter um projeto confiável onde somos procurados por alguns médicos oncologistas para trabalharmos juntos em parceria, tanto na busca pelo doador de medula, bem como, na busca do paciente cadastrado no REREME (Banco Nacional de Receptores de Medula Óssea)". Por Gabriela Mesquita.

Um trabalho de DEDICAÇÃO total ao paciente e familiares.

Mais informações e contato, envie um e-mail para: contato@promedula.com.br
1 2 3 4 5 6 7

CONTATO

Já é cadastrado? Clique aqui e mantenha suas informações pessoais atualizadas para facilitar
a doação em caso de compatibilidade.